Procurar por cirurgião na região

selecione o estado e a cidade para efetuar a busca:



Principais cidades:

São Paulo
Recife

Rio de Janeiro
Curitiba

Belo Horizonte
Goiânia

Porto Alegre
Brasilia


Orelha de abano corrigida com otoplastia



cirurgia plastica - artigo
Procedimentos relacionados

cirurgia plastica - artigo
Você tem orelha de abano? Não se envergonhe. Você é só mais um entre milhões de brasileiros com essa característica. Os motivos pelos quais se tem esse afastamento do pavilhão auricular, ou seja, quando a orelha fica afastada da cabeça, são inúmeros. Mas a cirurgia plástica de correção desse problema é muito simples e se chama Otoplastia.

Às vezes, um pequeno detalhe na aparência, pode provocar desde gozações quando se é criança até problemas psicológicos na vida adulta. A orelha de abano é um grande vilão nesses casos, mas pode ser solucionada muito cedo, pois existem técnicas de cirurgia plástica que podem ser realizadas até em crianças pequenas, porque é uma característica de fácil identificação. Ela pode ser genética ou causada por um grande número de fatores, entre eles a falta de cuidado com o bebê, deixando sua orelha dobrar ao segurá-lo no colo. Além disso, a Otoplastia é um procedimento muito simples, apesar de poder ser realizado apenas por cirurgiões plásticos.

A cirurgia de orelha em abano dura em média 30 minutos para cada orelha e a anestesia pode ser local ou geral. O cirurgião e o anestesista devem entrar em acordo sobre o tipo de preparação, que depende das condições clínicas, psicológicas e a idade do paciente, bem como da dimensão da cirurgia. A Otoplastia, normalmente, é realizada em ambulatório, porém em condições assépticas, de centro cirúrgico. A alta freqüentemente é concedida algumas horas após a cirurgia, salvam exceções em que o paciente precisa de recuperação da anestesia ou em casos de complicações, que são raríssimas.
Os cuidados pós-operatórios não passam de troca de curativos quando se achar necessário, para que se mantenha a higiene e, assim, se evitam inflamações. É importante evitar dormir sobre a orelha por, pelo menos, 3 semanas. Entretanto, além desses cuidados, o paciente poderá voltar às suas atividades normais após 6 dias, quando os pontos são retirados.

É importante ressaltar que, apesar do paciente poder ir para casa no mesmo dia, o resultado da Otoplastia não é imediato. No início as orelhas ficarão inchadas e avermelhadas, sintomas que diminuem gradativamente em cerca de 21 dias. A aparência das orelhas após a cirurgia plástica só deve ser avaliada depois dos próximos 3 meses, porque, como em qualquer outra cirurgia, existe uma evolução do pós-operatório que deve ser respeitada.

Quanto às cicatrizes não há porque haver preocupação. Elas são de apenas poucos milímetros e ficam em um lugar praticamente imperceptível, porque o corte necessário para a cirurgia é feito no sulco atrás da orelha. E, por se tratar de uma região com pele muito fina, a cicatrização tende a ser melhor.

Esclarecido o porquê da Otoplastia ser nada complexa, é muito importante atentar para a escolha do cirurgião. Apesar de ser um procedimento simples, a cirurgia de orelha não pode ser realizada por qualquer pessoa, mas sim por um médico especializado em Cirurgia Plástica, com diploma validado pelas leis brasileiras.

Artigo escrito por: Dr.Wagner Montenegro
Fonte: http://www.plasticamontenegro.com.br/artigos/orelha-de-abano.html


* Os artigos assinados, bem como as informações veiculadas nas publicidades, não refletem necessariamente a opinião do site. Sendo assim, são de responsabilidade exclusiva de seus autores e/ou anunciantes.

Voltar