Procurar por cirurgião na região

selecione o estado e a cidade para efetuar a busca:



Principais cidades:

São Paulo
Recife

Rio de Janeiro
Curitiba

Belo Horizonte
Goiânia

Porto Alegre
Brasilia


Retardando o envelhecimento cutâneo



Rejuvenescer, segundo o dicionário Aurélio, em sua definição etimológica, significa tornar a ser jovem, processo que a humanidade vem buscando desde o início da presença do homem na superfície terrestre. Assim é que se verifica a busca pelo elixir da longa vida, visando levar à imortalidade. Como esta tentativa é frustrante, cabe aos médicos, cientistas e a todos os estudiosos na área do envelhecimento procurar obter uma melhor qualidade de vida física, mental e social.

Os avanços na Medicina permitiram um maior controle de doenças graves e conseqüentemente, levaram ao aumento da expectativa de vida e do interesse nos métodos de rejuvenescimento. Como não é possível parar o relógio do tempo, todos os esforços são voltados para tentar atrasá-lo.

Afinal, quantos anos você teria se não soubesse quantos anos você tem?

A idade cronológica é apenas uma das maneiras de medir-se a idade, mas não é a única; poderíamos contá-la pela quantidade de sorrisos que uma pessoa esboçou, ou pelos pores-do-sol que ela já viu.

Muitos de nossos pacientes, desencontrados com a idade interior e a que descobrem no espelho, vêm ao nosso encontro para poderem se reencontrar.

A cirurgia plástica moderna consegue oferecer novos caminhos, às vezes bastante simples, para uma melhor qualidade de vida, tentando fazer com que a resposta à pergunta “Quantos anos você teria?” fique cada vez mais distante da realidade cronológica.

O envelhecimento cutâneo pode ser didaticamente classificado em:
I- Envelhecimento intrínseco (ou normal)
II- Envelhecimento extrínseco (ou fotoenvelhecimento)

O envelhecimento intrínseco é determinado por fatores genéticos, ou seja, fatores inevitáveis, e caracteriza-se por:
• Inicia-se aos 30-35 anos.
• Pele fina, frágil e inelástica.
• Gradual perda de vasos sanguíneos, colágeno, gordura e fibras elásticas.
• Redução da quantidade de folículos pilosos e ductos glandulares.
• Rugas finas

O envelhecimento extrínseco é determinado por: calor, produtos químicos, tabagismo e radiação UV, este o fator mais importante.

As características observadas no envelhecimento extrínseco são: elastose, pigmentação irregular, ressecamento, teleangiectasias, rugas profundas e tumores de pele.

Os principais métodos utilizados para tratamento do envelhecimento cutâneo são: dieta balanceada, atividades físicas regulares, cosméticos específicos para cada tipo de pele, fotoproteção, peelings, preenchimentos de rugas, toxina botulínica, Laser e cirurgias de Rejuvenescimento Facial.

O seu médico poderá fazer uma avaliação e indicar o melhor tratamento para seu caso e suas expectativas.

Artigo escrito por: Dr. Henrique Lopes Arantes
Fonte: http://www.cirurgiaplasticabrasil.com.br/artigos/retardando_o_envelhecimento.htm


* Os artigos assinados, bem como as informações veiculadas nas publicidades, não refletem necessariamente a opinião do site. Sendo assim, são de responsabilidade exclusiva de seus autores e/ou anunciantes.

Voltar