Procurar por cirurgião na região

selecione o estado e a cidade para efetuar a busca:



Principais cidades:

São Paulo
Recife

Rio de Janeiro
Curitiba

Belo Horizonte
Goiânia

Porto Alegre
Brasilia


Cirurgia plástica no Brasil



Atualmente, o Brasil ocupa o segundo lugar no ranking mundial de cirurgias plásticas, perdendo somente para os Estados Unidos, e é considerado o número um em relação ao aperfeiçoamento de novas técnicas e à qualificação dos cirurgiões.

Com o aumento da procura, cresce também o número de profissionais que estão se especializando nessa área. E o mais interessante é que esses profissionais vêm alcançando sucesso e reconhecimento fora do país nunca vistos em outras áreas da medicina.

Pode-se dizer que o Brasil virou referência mundial por possuir uma enorme equipe com nomes sempre presentes em congressos internacionais. Três fatores justificam essa posição: a qualidade dos médicos brasileiros, a grande preocupação que o brasileiro tem com o corpo, com a vaidade e, por fim, a questão do acesso.

Os valores dos procedimentos são razoáveis, o que possibilita que mais pessoas façam a tão sonhada cirurgia plástica. Existem profissionais especializados no Brasil inteiro, porém é em São Paulo, a “capital financeira do Brasil”, onde se concentra o maior número de clínicas de cirurgia plásticas e estéticas do país.

Com essa divulgação mundial no quesito qualidade dos cirurgiões plásticos brasileiros, há um grande número de estrangeiros que vem ao país especialmente para realizar procedimentos cirúrgicos. Mas é preciso alertar que para a cirurgia plástica sair de acordo com o que o paciente quer, é necessário que ele tenha tempo disponível para realizar o procedimento e fazer o acompanhamento pós-operatório.

Portanto, o paciente não pode vir ao Brasil com a passagem de volta marcada para dali a alguns dias. São necessários pelo menos 30 dias para cirurgias mais simples e três meses para cirurgias mais extensas. Esse é o período mínimo para que o médico avalie as possíveis alterações pós-procedimento e possa intervir em casos específicos. Esse tempo é também recomendado para a troca de curativos, remoção dos pontos, retirada de dreno e realização de drenagens linfáticas, a fim de diminuir possíveis edemas e ajudar na recuperação do tecido recém-operado.

Estar preparado para enfrentar uma operação é fundamental para o sucesso do tratamento cirúrgico escolhido.