Procurar por cirurgião na região

selecione o estado e a cidade para efetuar a busca:



Principais cidades:

São Paulo
Recife

Rio de Janeiro
Curitiba

Belo Horizonte
Goiânia

Porto Alegre
Brasilia


Tipos de Cirurgias Plásticas


Cirurgia Bypass Gástrico – Cirurgia de Redução de Estômago



A Gastroplastia reduz o tamanho do estômago de um paciente obeso. Três métodos básicos podem reverter esse quadro de obesidade. O estômago é restringido, usando-se bandas gástricas ou grampos, causando uma menor absorção da comida, mas ainda fazendo com que a maioria dos nutrientes da comida passe pelo corpo, ou uma combinação de técnicas que envolvam técnicas de menor absorção e restrição.


Duração:

A cirurgia tem duração de aproximadamente 8 horas, e pode precisar de operações adicionais.


Efeitos Colaterais:

A maioria dos pacientes sofrerá de deficiência nutricional e da síndrome conhecida como “dumping”.
Para evitar ganhar peso novamente, os pacientes têm que fazer uma mudança drástica em sua alimentação e exercícios.
A cirurgia de remodelamento do corpo é normalmente necessária para ajudar a remover o excesso de pele solta.


Recuperação:

A maioria dos pacientes perde vagarosamente por volta da metade do excesso do seu peso no primeiro ano após a operação, e normalmente continuam a perder peso por 18 a 24 meses depois de vários procedimentos.


Riscos:

Os riscos da cirurgia de redução de estomago são grandes, incluindo infecções dos cortes, cálculos biliares, vazamentos internos no estômago e intestino, úlcera, problemas pulmonares e coágulos de sangue nas pernas.


Resultado:

Longa duração


Técnica Utilizada:

Operação restritiva inclui bandagem gástrica, na qual uma banda elástica é colocada ao redor do estômago, e grampeamento, o qual cria um pequeno bolso para a comida. O cirurgião pode usar um procedimento maior para redirecionar os intestinos, incluindo o bypass gástrico com derivação em “Y” de Roux, (também chamado de Cirurgia de Capella), o procedimento mais utilizado nas cirurgias de perda de peso nos Estados Unidos. Uma técnica mais complicada combina o procedimento conhecido como desvio biliopancreático. Alguns cirurgiões reduzem a possibilidade de riscos realizando a cirurgia de laparoscopia, uma técnica que passa instrumentos cirúrgicos finos através de uma ou mais incisões pequenas. Este procedimento é em contraste com o método “aberto”, no qual o cirurgião faz uma incisão bem maior.


Internação:

Com internação


Anestesia:

Para a realização da Gastroplastia é necessária a utilização da anestesia geral.


voltar