Procurar por cirurgião na região

selecione o estado e a cidade para efetuar a busca:



Principais cidades:

São Paulo
Recife

Rio de Janeiro
Curitiba

Belo Horizonte
Goiânia

Porto Alegre
Brasilia


Tipos de Cirurgias Plásticas


Aumento das mamas (Mamoplastia de aumento)



A Mamoplastia de Aumento ou aumento das mamas é realizada através de implantes. Pode corrigir uma queda das mamas após gravidez, ajudar a balancear diferença em tamanhos ou ser implantado como uma técnica reconstrutiva após uma cirurgia nas mamas.

No Brasil, o aumento das mamas é realizado com prótese de silicone.


Duração:

1 hora ou mais


Efeitos Colaterais:

Equimose, inchaço e mudança na sensibilidade temporária do mamilo. Mamas sensíveis à estimulação por várias semanas.


Recuperação:

Retorno ao trabalho: 3 a 7 dias. Atividades físicas: 2 a 3 semanas. Inchaço e machucado: 3 a 6 meses.


Riscos:

A contratura capsular ao redor do implante pode deixar os seios enrijecidos ou duros; sangramento ou infecção. Aumento ou perda de sensibilidade dos mamilos ou pele dos seios ocasionalmente permanente.


Resultados:

Variáveis. Implantes podem precisar de remoção ou recolocação.


Troca

A troca de próteses só será necessária após duas décadas. Entretanto, apenas a avaliação médica poderá indicar tal procedimento. É de extrema importância que a paciente mantenha seus exames em ordem, a fim de saber como está a prótese.


Técnica Utilizada:

Para esconder a cicatriz, o cirurgião pode inserir os implantes através de uma incisão na axila, através da aréola ou no sulco abaixo das mamas. Alguns cirurgiões utilizam a técnica conhecida como aumento dos seios transumbilical, no qual os implantes são inseridos pelo umbigo através de um endoscópio (somente realizado nos EUA).


Internação:

De 8 a 24 horas na clínica.


Anestesia:

A Mamoplastia de Aumento geralmente é realizada sob anestesia local com sedação, podendo ser utilizada a anestesia local caso necessário.


voltar